A Alimentação influencia no odor do suor?

A hiperidrose atinge cerca de 1% a 5% da população e existem diversos locais no corpo para a sua proliferação. O odor advém de bactérias que vivem nas regiões como axilas e órgãos genitais, onde há presença das glândulas apócrinas. O odor mais forte não significa que seja falta de higiene. Os fatores vão desde a alimentação, peças de roupas, sapatos ou até condições como o estresse e ansiedade. Cada indivíduo apresenta de uma forma.
O uso de temperos como alho e cebola têm em sua composição o alto teor de enxofre, elemento químico que apresenta o cheiro característico ao suor.  Além disso, Dukan – dieta baseada no consumo de proteína é uma alimentação hiperproteica que aumenta a produção de amônia, dessa forma, deixa o odor mais forte. Curry, faz parte do condimento da culinária indiana que também é um dos precursores do mau cheiro no corpo, a pimenta por sua vez, aumenta a sudorese.
É importante destacarmos que, o consumo desses alimentos tem que fazer parte da sua rotina por mais de 30 dias, em todas as refeições. Comendo de vez em quando as chances de desencadear o suor com mau cheiro são mínimas.
O suor continua atrapalhando a sua vida? Conheça a linha do Odaban que possui produtos específicos no tratamento contra todos os tipos de transpiração excessiva.
Acesse o nosso site e descubra mais: www.Odaban.com.br.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Posts Recentes

WhatsApp chat