Bebida alcoólica afeta o suor excessivo

O álcool tem muitos efeitos no corpo humano. Além da dependência física e psicológica, ele também aumenta a sudorese, uma vez que é absorvido rapidamente pelo estômago e, em instantes, cai na circulação sanguínea. Quando passa pelo fígado, começa a ser parcialmente metabolizado, ou seja, o organismo procura formas para livrar-se dele.
 
Uma dessas formas é o suor. O corpo destrói as moléculas do álcool e, além da transpiração, expele pequenas porcentagens pela urina e também pelo hálito. Essa metabolização tem efeitos mais fortes em quem já tem hiperidrose. O álcool é vasodilatador, ele aumenta a produção de fluidos pelo corpo, consequentemente, ele agrava a produção da sudorese.
 
Por isso é importante que quem já sofre com hiperidrose tenha consciência durante o consumo de bebidas alcoólicas. A palavra aqui é moderação! Você não precisa excluir o álcool de sua vida, mas evitar os excessos é essencial para quem quer diminuir a produção de suor. Uma boa dica é ingerir bastante água. Mesmo durante e depois que você tiver consumido bebidas alcoólicas.
 
Caso você goste de tomar uma cervejinha, um bom vinho ou até mesmo bebidas mais fortes, mas não deseja o desconforto da transpiração excessiva, use Odaban. Número UM no combate ao suor excessivo, testado e aprovado por dermatologista. Beba com moderação e sem preocupação com a hiperidrose.
Acesse www.Odaban.com.br e confira!

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Posts Recentes

WhatsApp chat