A cultura fitness e a busca pelo corpo saudável tem se tornado cada vez mais popular no Brasil, com isso o número de academias só aumenta.  Porém, compartilhar esse ambiente e os seus aparelhos com diversos frequentadores pode trazer inúmeros riscos para a saúde. Conheça alguns:

As causas do perigo

  • Suor nos aparelhos: O suor depositado nos aparelhos de uso comum, torna o local propício para a proliferação de microrganismos que podem causar as principais doenças cutâneas. Algumas dessas doenças são transmitidas por contato com superfícies contaminadas como as micoses e verrugas, além de infecções virais e bacterianas;
  • Toalhas: para diminuir o contato, muitos atletas levam toalhas que são usadas para cobrir os aparelhos e secar o suor em excesso. Porém, se forem compartilhadas também poderá haver transmissão;
  • Ventilação: O uso de aparelhos de ar condicionado e dezenas de ventiladores espalhados no ambiente não permite que o ar renove e mantém o local em temperaturas altas, o que aumenta a produção de sudorese e a proliferação de bactérias.

Precauções

  • Usar roupas próprias de academia auxilia na boa transpiração. Além disso, funciona como uma barreira contra os microrganismos presentes em superfícies contaminadas;
  • Fazer a higienização adequada dos aparelhos, com álcool 70°;
  • O uso de toalhas individuais pode também ser mais uma barreira contra as bactérias;
  • Não encostar a boca na saída de água dos bebedouros;
  • As garrafinhas utilizadas também devem ser higienizadas, com água e sabão após cada dia de uso;
  • Usar antitranspirantes que ajudem no controle do suor excessivo;

Conheça Odaban o antitranspirante mais indicado entre os dermatologistas. Acesse www.Odaban.com.br e saiba mais.

Leave a Comment