Transpiração excessiva pode ser doença?

Todo mundo sua, mas a maioria não se sente bem com isso. As causas por trás disso, geralmente incluem ansiedade ou calor. Embora a transpiração seja algo normal da vida, às vezes pode ser um sinal de que algo está seriamente errado com o corpo.
O suor excessivo, conhecido como hiperidrose, pode se apresentar por conta própria devido às glândulas sudoríparas hiperativas, mas também pode ser um sinal de uma condição subjacente, como doenças cardíacas, ou transtorno de ansiedade, entre muitos outros, de acordo com o National Institutes of Health.
Aqui estão quatro condições que podem causar suor excessivo.
DIABETES
Pessoas com neuropatia autonômica diabética são mais propensas a experimentar sudorese gustativa, de acordo com a Healthline, mas não é exclusiva de pessoas com diabetes. Este tipo de transpiração é diferente da hiperidrose e limitado à face, couro cabeludo e pescoço.
ATAQUE CARDÍACO
Transpirar com pouco ou nenhum esforço enquanto tem desconforto no peito, braço, pescoço ou mandíbula pode ser um dos primeiros sinais de um ataque cardíaco que se aproxima. Um estudo de 2005 da Universidade de Illinois em Chicago descobriu que a transpiração pode ser uma variável chave na indicação de parada cardíaca.
 MENOPAUSA
Cerca de 75% das mulheres na menopausa sofrem de ondas de calor, que podem variar de rubor discreto a sudorese intensa.
TRANSTORNOS DE ANSIEDADE
Suar é um sintoma de ansiedade social e transtorno de pânico – duas das doenças de ansiedade mais comuns. De acordo com o Instituto Nacional de Saúde Mental, esses distúrbios são geralmente tratados com psicoterapia, medicação ou ambos.
Caso você tenha problemas com suor, podemos te ajudar. Acesse www.Odaban.com.br e conheça nossa linha completa de produtos.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Posts Recentes

WhatsApp chat