Suor excessivo nas axilas: dicas e cuidados

Suor excessivo nas axilas: dicas e cuidados

 
Neste artigo eu vou te apresentar algumas dicas muito eficazes para tratar o suor excessivo nas axilas, seja ele acompanhado de odor, mais conhecido como cêcê, ou não.
 
As famosas pizzas debaixo dos braços são tratadas como brincadeira por quem não sofre com o problema. Mas para quem apresenta este desequilíbrio, ele é um motivo de muito constrangimento e de uma luta diária para disfarçar o problema.
 

Suor excessivo nas axilas: tratamento caseiro

Cada um possui o seu truque para tentar esconder as pizzas, seja trocar de roupa frequentemente, procurar sempre um ar condicionado ou até mesmo utilizar absorventes debaixo dos braços. Geralmente são estratégias não muito eficientes e muito trabalhosas. Portanto, eu vou te apresentar alguns cuidados mais simples e eficazes para controlar de vez este problema!
 

O que é Hiperidrose?

A Hiperidrose, popularmente conhecida como Suor Excessivo, é definida pela Sociedade Brasileira de Dermatologia como uma “condição na qual os pacientes possuem as glândulas sudoríparas hiperfuncionantes e podem transpirar muito até mesmo em repouso”. Pode decorrer de diferentes causas, como fatores emocionais, hereditários ou doenças.
 
Quando esta hiperidrose está localizada na região das axilas, denomina-se hiperidrose axilar.
 

O que é Bromidrose?

Por estar localizada em uma região abafada tanto pelo próprio movimento dos braços quanto por roupas, a hiperidrose axilar geralmente é acompanhada do famoso cêcê, tecnicamente chamado de bromidrose. Ou seja, conforme definição também da Sociedade Brasileira de Dermatologia , a Bromidrose “é uma condição na qual a sudorese corporal vem acompanhada de um odor desagradável.”
 

Relação Hiperidrose x Bromidrose

Uma notícia boa é que tratando e controlando o suor excessivo o paciente também estará tratando e controlando o odor, pois ele é gerado a partir das bactérias que se alimentam do suor. Logo, se não há suor, as bactérias não terão alimento e acabarão sendo eliminadas, eliminando também o odor ou cêcê.
 

Suor excessivo nas axilas: dicas e cuidados

Alguns cuidados diários são muito importantes para estes pacientes e podem resolver os casos mais leves da doença:

  1. Lavar muito bem as axilas durante o banho, onde o mau cheiro se prolifera devido às bactérias. O ideal é utilizar um sabonete antibacteriano.
  2. Usar peças leves e folgadas evitando o uso de malhas, lycra e materiais sintéticos, apostando em tecidos de origem orgânica que permite que a pele respire melhor.
  3. Depilar as axilas é uma dica importante, pois muitas vezes os pelos favorecem para a criação de um ambiente úmido, isto é, um ambiente perfeito para as bactérias que geram o odor.

Caso você já tenha tentado estas dicas e elas não foram suficientes para o seu nível da doença, fique tranquilo. Apostando em um bom antitranspirante você terá uma probabilidade muito grande de se ver livre do suor excessivo e do odor!
 

Suor excessivo nas axilas: tratamento mais indicado

Nós recomendamos o melhor antitranspirante do mundo, o Odaban. Ele está há 40 anos no mercado sendo referência no mercado mundial no tratamento para a hiperidrose, é vendido em mais de 20 países, dentre eles o Brasil, e possui registro na Anvisa, o que garante a sua eficácia e segurança para a sua saúde!
 
Portanto, se você está cansado de sofrer com o suor excessivo, adquira logo o seu Odaban e dê um fim a este constrangimento!

Acesse www.odaban.com.br e confira!

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Posts Recentes

WhatsApp chat