O que fazer para amenizar o suor excessivo no esporte?

Suar é normal durante a prática de exercícios. O funcionamento das glândulas sudoríparas consegue preservar a temperatura do corpo e os órgãos em bom funcionamento.
Nos casos de atividade física, o corpo eleva a temperatura para compensar o aumento de temperatura devido ao esforço, contudo, se durante os exercícios for percebido pelo paciente excesso de suor nas palmas das mãos, plantas dos pés e face, é interessante começar a observar a frequência e os casos em que se manifestam.
Essas alterações podem ser sinal de hiperidrose e requerem tratamentos e a manutenção contínua, mas algumas medidas podem ser eficientes para controlar o suor.
– Usar roupas propícias para a realização de exercícios, pois são feitas com material que deixam a pele transpirar corretamente e além de facilitar os exercícios.
– Não molhar o corpo porque está com calor. Virar uma garrafa de água sobre o rosto e corpo em dias de calor parece tentador, mas pode ser prejudicial.  O corpo molhado dificulta a evaporação do suor, pois forma-se uma fina película ente a pele impedindo o suor de se transformar em vapor, o que estimula o corpo a reter mais calor.
– Evite treinar em dias extremamente quentes, as altas temperaturas transferem muito calor ao corpo impedindo a sudorese de ocorrer de forma correta, favorecendo a desidratação e mal-estar.
– Não espere ficar com sede para tomar água, sentir sede é o primeiro sinal de desidratação.
– Um bom antitranspirante é o principal aliado no controle do suor. Procure sempre um que possa ser aplicado no corpo inteiro, dando preferência para os que contêm na fórmula alumínio em base de silicone e ingredientes que não causam irritação.
Pensando nos atletas que sofre com o suor excessivo, a Odaban desenvolveu um antitranspirante em Spray de fácil aplicação para todo o corpo de maneira rápida, eficiente e controlado. Experimente!

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Posts Recentes

WhatsApp chat